Recursos Laboratoriais

A ESS|IPS tem procurado investir continuamente na quantidade e inovação da prática simulada, tendo atualmente vários Laboratórios, associados às áreas disciplinares dos cursos de licenciatura (Enfermagem, Fisioterapia e Terapia da Fala), coordenados por docentes responsáveis pelos mesmos, de acordo com as tabelas inframencionadas.

Pela especificidade de alguns dos Laboratórios, estão ainda alocados docentes, responsáveis pelos mesmos.

Laboratórios de Enfermagem

Coordenação: Ana Poeira

A principal finalidade dos laboratórios de Enfermagem é a capacitação do estudante de Enfermagem dos cursos pré e pós-graduados no processo de aquisição e desenvolvimento de competências interpessoais, instrumentais e sistémicas. Os laboratórios proporcionam espaço de reflexão, crítica, investigação e inovação na práxis da Enfermagem.

O Departamento de Enfermagem coordena 3 laboratórios:

- Laboratório de Enfermagem - Cuidados Críticos | Critical Care Nursing Lab – sala B1.08

No Laboratório de Cuidados Críticos o recurso à simulação como método de ensino-aprendizagem permite ao estudante a aquisição de competências necessárias perante a pessoa em situação crítica (manobras de reanimação cardiorrespiratória, situações de trauma, unidade de cuidados intensivos, entre outras).

Apresenta um conjunto de equipamento e materiais necessários ao ensino prático: simulador de alta fidelidade, monitor cardíaco, desfibrilhador automático externo, Manequim Anne Suporte Básico de Vida, Manequim Anne Suporte Avançado de Vida, simulador de envelhecimento, simulador de pensos cirúrgicos, entre outros.

- Laboratório de Enfermagem - Fundamentos | Essentials Nursing Lab – sala B1.12

O Laboratório de Fundamentos permite recriar diversos cenários de contextos clínicos, proporcionando o desenvolvimento da capacidade de raciocínio crítico e de reflexão, consolidação de conhecimentos teóricos e desenvolvimento de competências psicomotoras.

Assim, neste laboratório de enfermagem encontram-se equipamentos e materiais necessários ao treino das técnicas e dos procedimentos de enfermagem, tais como:  acolhimento à pessoa/família na unidade de cuidados, monitorização dos sinais vitais, mobilizar/posicionar/transferir e levantar a pessoa, treinar a pessoa com meio auxiliar de marcha, entubação e alimentação nasogátrica, oxigenoterapia, cateterização venosa periférica, preparação e administração de terapêutica, algaliação, aspiração de secreções, entre outras.

- Laboratório de Enfermagem - Mulher e Criança | Woman and Child Nursing Lab – sala B1.17dta

O Laboratório da Mulher e Criança, com enfoque na saúde reprodutiva e na saúde da criança desde o nascimento até à idade adulta, é um espaço distinto que proporciona o planeamento, realização de procedimentos de enfermagem, avaliação e registo dos cuidados de enfermagem decorrentes das especificidades em contexto de saúde materna e saúde infantil e juvenil.

Dotado de simulador de gravidez, modelo de treino para palpação útero puerperal, modelo de auto-exame da mama, modelos de bebé e criança, braço pediátrico para punção, simulador pediátrico de alta fidelidade com suporte de sistema respiratório, cardíaco, vascular e apto para situações de Suporte Básico de Vida e Suporte Avançado de Vida, entre outros.

Os laboratórios de Enfermagem estão organizados e estruturados de forma a constituírem uma extensão da sala de aula, permitindo a realização de aulas práticas e treino dos procedimentos de Enfermagem, em aproximação ao mundo real.

Laboratórios de Fisioterapia

Coordenação: Maria Margarida Pires da Costa Sequeira Antão; Rita Noélia Silva Fernandes

Laboratório de Fisioterapia III - Sala B1.16:

O Laboratório de Terapia pelo Movimento é um espaço versátil e amplo que permite a realização de diversos tipos de exercício e a simulação de aulas e sessões de terapia pelo movimento. Dispõem de material diverso como bolas, colchões de diversos tamanhos e espessuras, minitrampolins e espelhos que facilitam esta simulação. Neste laboratório os estudantes desenvolvem competências específicas para a aplicação de programas de exercício na comunidade, nomeadamente no que diz respeito às doenças crónicas. A versatilidade do espaço permite a utilização autónoma do mesmo por parte dos estudantes, para simulação e treino.

Laboratório de Fisioterapia I e II - Salas B1.06 e B1.15, respetivamente:

Os Laboratórios de Fisioterapia I e II estão preparados e apetrechados para dar apoio às aulas teórico-práticas e de prática laboratorial dos cursos de Licenciatura e de Mestrado em Fisioterapia. Dispõem de marquesas hidráulicas e elétricas, mas também de todo o material necessário ao desenvolvimento de competências específicas, tanto técnicas como de raciocínio clínico por parte dos estudantes. Os laboratórios e o material neles existente permite ainda a simulação de situações clínicas e a realização de aulas práticas em contexto de prática real (com utentes) e estão também disponíveis para o treino individual e autónomo por parte dos estudantes.

Laboratório sense&motion - pain and motion research lab (Laboratório com regulamento próprio/Docente responsável: Rita Noélia Silva Fernandes) - Sala C1.17:

O laboratório sense&motion está alinhado com o compromisso de desenvolver investigação orientada para às necessidades dos utentes, através do desenvolvimento de soluções inovadoras na predição da resposta à patologia e da resposta ao tratamento e que resultem na diminuição da incapacidade, e da melhoria do estado de saúde e qualidade de vida dos utentes.

A principal área de estudo do laboratório é processamento central da dor associada às patologias músculo-esqueléticas e reumáticas. Para isso o laboratório utiliza abordagens inovadoras no estudo integrado dos factores sensoriais, psicossociais e motores como principais impulsionadores da experiência de dor. No geral, pretendemos:

1. Compreender quais são as características dos utentes (sintomas associados ao processamento da dor nos domínios referidos) que favorecem o escalar da dor para processos de dor persistente e incapacidade;
2. Optimizar as intervenções em saúde, procurando definir a melhor intervenção, para a sub- grupos de indivíduos com idênticas características, e qual o tempo adequado para essa resposta se concretizar.

Para cumprir estes objectivos, o Laboratório está equipado com 3 sistemas de captura de movimento que possibilitam uma avaliação cinemática 3D, 4 plataformas de forças para avaliação cinética 3D, uma passadeira instrumentada para análise da marcha, um eletromiógrafo de superfície para análise da atividade muscular,  diversos softwares para processamento e análise dos dados recolhidos a partir dos referidos equipamentos, e com o Quantitative Sensory Testing, que inclui o TSA-II NeuroSensory Analyzer, AlgoMed – Computerized Pressure Algometer e um PinPrick stimulator with contact trigger. Adicionalmente existem diversos instrumentos de auto-preenchimento para avaliação da dor, factores psicossociais, função e qualidade de vida.

 

Laboratórios da Terapia da Fala

Coordenação: Sónia Marina Dias de Jesus Lima

Laboratório de Terapia da Fala 1 e 2 (Docente responsável: Sónia Marina Dias de Jesus Lima): Sala B1.18 e sala B1.17Esq;
Laboratório de Voz (Labvoz) | Advanced Vocal Function Laboratory (AVFL) (Docente responsável: Ana Paula de Brito Garcia Mendes: Sala A2.12;
Clínica Pedagógica de Terapia da Fala (Docente responsável: João Miguel Lima Ferreira): Sala A2.06.

Gabinete de Apoio aos Laboratórios

Jacinto Duarte (jacinto.duartenull@ess.ips.pt)

Luís Carvalho (luis.carvalhonull@ess.ips.pt)

Economato dos Laboratórios: instalações no exterior do edifício. O acesso é feito através da saída de emergência junto à sala B1.13 (Sala de apoio onde estão dispostos alguns materiais consumíveis e não consumíveis);
Sala de limpos: Sala de apoio designada à gestão e arrumação de têxteis (lençóis, toalhas, etc.);
Sala de sujos: Sala de apoio designada ao depósito de material utilizado.